Página Inicial
   
 
 
Empresa | Áreas | Serviços | Notícias | Portfólio | Clientes | Compliance | Contato
COBRAPE - Companhia Brasileira de Projetos e Empreendimentos
 
Portfólio
ESTUDOS DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO E DRENAGEM PARA A REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE RELATIVOS À PREPARAÇÃO DO PROGRAMA DE INVESTIMENTOS NAS BACIAS DOS RIOS BEBERIBE, CAPIBARIBE, JABOATÃO E IPOJUCA – PQA/BIRD
  
voltar



Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Social – Seplandes

Período: julho de 1997 - abril de 1999

 Descrição do Projeto

As bacias drenantes da Região Metropolitana de Recife – rios Beberibe, Capibaribe, Jaboatão e Ipojuca – foram as primeiras áreas contempladas pelo Projeto Qualidade das Águas e Controle da Poluição Hídrica – Componente Nacional, coordenado pelo Ministério do Planejamento e Orçamento e financiado pelo Banco Internacional para a Reconstrução e Desenvolvimento – BIRD. O PQA financia estudos para a elaboração de programas de saneamento ambiental urbano e gestão dos recursos hídricos de uma perspectiva multidisciplinar, com a apropriação de metodologias disponíveis no país e no exterior. Os programas devem detalhar ações físicas, com ênfase na recuperação e proteção dos mananciais, e os arranjos institucionais para sua implementação. O Documento Estratégico de Investimentos do Sistema Metropolitano de Saneamento Ambiental da Região Metropolitana de Recife – objeto deste contrato – foi elaborado com base em um diagnóstico dos sistemas de esgotamento sanitários e drenagem e em projeções para um horizonte de planejamento de 20 anos.

Descrição dos Serviços

I. PLANO DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO DA REGIÃO METROPOLITANA DE RECIFERMR

1. Caracterização do Problema (Relatório RE 1)

  • Caracterização da ocupação territorial, envolvendo síntese de zoneamento por densidade e por tipologia predominante de ocupação.
  • Estudos da evolução demográfica e projeções e tendências de ocupação com a utilização de um modelo matemático de ajustamento geométrico da população e o programa People.
  • Diagnóstico da situação atual, contemplando análise dos sistemas existentes, avaliação das contribuições de esgotos e Identificação e avaliação dos impactos gerados na qualidade das águas a partir do lançamento de esgotos tratados ou não tratados.

2. Análise dos Planos, Programas e Projetos Existentes (Relatório RE 2)

  • Avaliação crítica do Plano Diretor de Esgotos da RMR, do Plano de Ordenamento de Esgotamento Sanitário de Recife, e dos projetos executados e em execução.
  • Discussão das soluções mais adequadas para a coleta de esgotos, comparando-se o sistema convencional com o condominial.
  • Análise dos aspectos referentes à centralização e descentralização do sistema de esgotamento sanitário.

3. Alternativas para os Sistemas de Esgotamento (Relatório RE 3)

  • Desenvolvimento de metodologia a partir da unidade básica de planejamento, denominada Unidade de Esgotamento, resultando para a RMR um total de 253 UEs.
  • Comparação dos elementos não comuns de cada alternativa, identificando custos relacionados às estruturas de transporte (coletores troncos, interceptores, emissários e estações elevatórias).
  • Uso do modelo Wawttar para seleção e obtenção dos custos de tratamento.
  • Indicação de tipos de processos de tratamento considerados adequados, tais como lodo ativado, filtro biológico e combinação de Rafa (Reator Anaeróbio de Fluxo Ascendente) com filtro biológico ou lagoa, todos seguidos de desinfecção por doração, além do estudo da alternativa de emissário oceânico para alguns sistemas preliminares, precedido de tratamento primário convencional ou de tratamento primário avançado, também seguido de desinfecção.
  • Cálculo de custos a valores atuais para 20 anos e taxa de juros de 12% ano.
  • Hierarquização das intervenções a partir das alternativas escolhidas.

4. Proposta da Alternativa Recomendável para o Sistema Metropolitano de Esgotos-Sistema de Coleta, Tratamento e Destino Final (Relatório RE-4)

  • Estudo de caracterização das áreas de pobreza e detalhamento da alternativa recomendada para o Sistema Metropolitano de Esgotos, justificando sua escolha pela ótica econômica, técnica e ambiental.

II REVISÃO E ATUALIZAÇÃO DO PLANO DIRETOR DE DRENAGEM DA RMR

1. Caracterizado do Problema e Proposição das Intervenções na Macrodrenagem (Relatórios ROl e RD2)

  • Avaliação do potencial natural das cheias nos principais canais da RMR, a partir de estimativa das vazões máximas e proposições de intervenções, definidas a partir de: Intervenções necessárias para minimizar os assoreamentos dos cursos d'água (42 km de canais), levando-se em consideração as alternativas típicas aplicáveis para o controle da erosão, tais como retaludamento, concreto projetado, muro de contenção, estruturas de apoio para bloco de rochas, recomposição do terreno, muros de gabiões/caixas, drenagem subterrânea ou combinações das alternativas, acompanhadas do levantamento dos seus custos unitários.
  • Intervenções nas estruturas de macrodrenagem, baseadas na comparação das estimativas preliminares das capacidades dos canais com as vazões máximas projetadas.
  • Diretrizes para o uso e ocupação do solo.
  • Diretrizes para melhorar a operação dos reservatórios de Carpina, Tapacurá e Goitá,.
  • Recomendações quanto à operação e manutenção do sistema a partir das atividades já desenvolvidas pela Prefeitura de Recife.

III. DOCUMENTO ESTRATÉGICO DE INVESTIMENTOS DO SISTEMA METROPOLITANO DE SANEAMENTO AMBIENTAL DA REGIÃO METROPOLITANA DE RECIFE

  • Caracterização das demandas de investimentos para o saneamento ambiental da região.
  • Levantamento das informações necessárias para a caracterização financeira das entidades responsáveis pelas ações e intervenções identificadas.
  • Elaboração de proposta de planejamento estratégico de investimentos, para um horizonte temporal de 21 anos, definido em três etapas distintas: 2000/2004, 2005/2009 e 2010/2020.
  • Realização de simulações financeiras comparando-se, por entidade, a demanda de recursos e a parcela que poderia ser alocada ao Sistema, em função dos valores disponíveis para investimento, decorrentes das análises e projeções dos orçamentos públicos da região.
  • Caracterização das fontes de financiamento, nacionais e internacionais, que poderiam aportar os recursos em complementação aos recursos locais, incluído o capital privado.


voltar

 
Consulte o Portf�lio

Todos os trabalhos


RSS (Really Simple Syndication)
 

© 2008 - COBRAPE - Companhia Brasileira de Projetos e Empreendimentos | Todos os direitos reservados.
Produzido por - Plátano Comunicação S/C Ltda | Designer GuinaWeb - Ateliê Designer


RSS (Really Simple Syndication)