Página Inicial
   
 
 
Empresa | Áreas | Serviços | Notícias | Portfólio | Clientes | Compliance | Contato
COBRAPE - Companhia Brasileira de Projetos e Empreendimentos
 
Portfólio
ASSESSORIA, ADEQUAÇÃO COM DETALHAMENTO EXECUTIVO DE PROJETO E ACOMPANHAMENTO TÉCNICO DE OBRAS DO SISTEMA DE ESGOTOS SANITÁRIOS DO MUNICÍPIO DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS/SP
  
voltar



Cliente: Companhia de Saneamento Básico de São Paulo – Sabesp

Período: agosto de 2006 - dezembro de 2010

Descrição do Projeto

A ampliação do Sistema de Esgotos Sanitários do Município de São José dos Campos/SP visa contribuir para o saneamento do Rio Paraíba do Sul, responsável pelo abastecimento de água de mais de 13,5 milhões de habitantes de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. O projeto da Sabesp prevê a implantação de 35,9 quilômetros de redes coletoras de esgoto, 38 quilômetros de coletores-tronco, com diâmetros entre 200 e 1.200 milímetros, linha de recalque com 18,1 km quilômetros, 7,7 km de emissários com diâmetros de 200 a 1.000 milímetros, e 16 estações elevatórias de esgotos, com vazões entre 50 e 1.280 litros por segundo. Cerca de 300 mil moradores do Município passarão a ser atendidos com o tratamento de esgoto. O empreendimento faz parte do Programa de Despoluição das Bacias do Rio Paraíba do Sul e Serra da Mantiqueira, implementado pelo governo do Estado de São Paulo.

Descrição dos Serviços

1. Monitoria e Acompanhamento Arqueológico na Execução das Obras do Sistema Cambuí

  • Execução de serviços de peritagem em três locais, compreendendo: serviços de campo, laboratório, elaboração de Relatório Final e encaminhamento ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – Iphan.

2. Reavaliação do Projeto Existente da Zona Norte do Município

  • Reavaliação hidráulica do projeto existente das seguintes unidades: EEE Costinha, Q = 5,02 l/s e AMT = 15,13 m; EEE Olaria, Q = 19,64 l/s e AMT = 22,96 m; EEE Boa Vista, Q = 22,451/s e AMT = 16,71 m; EEE Final, Q = 42,261/s e AMT = 20,96 m; EEE existente; caixas de transição; torre de carga.

3. Adequação do Projeto Hidráulico Existente das Tubulações sobre o Rio Buquira

  • Projeto executivo da travessia sobre o Rio Buquira em estrutura metálica em treliça com vão livre de 25 m.
  • Projeto executivo da travessia sobre o Rio Buquira com utilização de suportes metálicos independentes, fixada na estrutura da ponte de concreto existente.

4. Adequações de Projetos Hidráulicos e Estruturais Existentes do Coletor Tronco Afluente e da EEE do Vidoca

  • Características: poço seco; número de bombas = 3 + 1 de reserva; Q = 1.220 l/s; AMT = 31 m; Pmotor = 350 cv.
  • Mudança das cotas da EEE.
  • Adequação de 295,39 m do projeto do CT Vidoca, diâmetro 1.200 mm.
  • Projeto executivo estrutural: adequação do projeto estrutural.

5. Revisão/Adequação do Projeto Hidráulico do Coletor Tronco Augusta

  • Estudo de alternativas de caminhamento do coletor tronco visando à eliminação de lançamento em GAP.
  • Detalhamento em nível executivo da solução técnica adotada: Método construtivo – MND processo furo direcional; extensão = 345,85 m; diâmetro = 200 mm em PEAD.

6. Revisão do Projeto de Urbanização e Drenagem na Área da EEE do Vidoca

  • Adequação de drenagem superficial da área da EEE.
  • Adequação urbanística da área da EEE.

7. Projeto Estrutural da Caixa de Transição da Linha de Recalque e Emissário do Sistema Vidoca

  • Caixa de transição com dimensões internas de 1,60 x 1,80 x 2,85m (H), em concreto armado.

8. Monitoria e Acompanhamento Arqueológico na Execução das Obras do SES da Zona Norte do Município

  • Execução de serviços de peritagem em dois trechos do Sistema Norte – Trecho Buquira, compreendendo: serviços de campo, laboratório, elaboração de Relatório Final e encaminhamento ao IPHAN.

9. Serviços Topográficos e Cadastrais

  • Transporte de coordenadas = 4,61 km; levantamento planimétrico cadastral de faixa até 30 m = 26,98 km; levantamento planialtimétrjco cadastral de faixa até 30 m = 11,81 km; levantamento planialtimétrico de área até 3.000 m² = 11 un; levantamento planialtimétrico de faixa de 30 m a 60 m = 1,96 km; cadastro de propriedades = 182 un; laudo de avaliação para áreas contíguas = 25 un; laudo de avaliação para áreas dispersas = 15 un.

10. Sondagens a Percussão

  • Sondagens a percussão executadas com tubos de 2 1/2"de diâmetro, e extração de amostras de solo de metro em metro, ao longo da perfuração, utilizando-se o amostrador de 2" de diâmetro interno, do tipo Terzaghi, e observando-se as resistências oferecidas pelo terreno à cravação (Standart Penetracion Test – SPT).
  • Quantitativos realizados: mobilização de equipamento = 5 um; numero de sondagens executadas = 36 um; perfuração = 414,28 m.

11. Projeto de Travessia do CT Ressaca sobre o Córrego Vidoca

  • Detalhamento executivo de travessia aérea: tipo autoportante; tubulação em aço carbono de 1.000 mm; vão livre de 30 m.

12. Ensaio de Ultrasson e Holliday Detector na Linha de Recalque da EEE Vidoca

  • Inspeção de juntas soldadas e revestimentos de tubos de aço carbono, através de ensaios não destrutivos por ultrasson e holiday detector (Spark Test):  44 juntas do Emissário de Recalque de Esgotos com diâmetro de 1.000 mm da EEE Vidoca; 17 juntas do barrilete com diâmetro de 1.000/800 mm da EEE Vidoca; 11 juntas das travessias aéreas do Rio Buquira (diâmetro de 1.000/700 mm).

13. Visita Técnica e Laudo Técnico para Início da Linha de Recalque da EEE Vidoca

  • Visita técnica.
  • Parecer geotécnico da metodologia executiva e dimensionamentos do escoramento da vala, rebaixamento de lençol freático, embasamento e reaterro da vala: diâmetro = 1.000 mm em aço carbono; escoramento metálico – madeira; área de escoramento dimensionada = 2.940 m².

14. Consultoria Técnica para Obras da EEE Vidoca

  • Detalhamento da metodologia executiva do sistema de rebaixamento de lençol freático para execução da EFE Vidoca (área abrangida pela escavação de 4.500 m² e profundidade de 9 m), compreendendo: visita técnica; levantamento topográfico da área em escavação; execução de sondagens a percussão; parecer geotécnico e dimensionamento do sistema de rebaixamento e descrição da metodologia construtiva.

15. Projeto Executivo da Nova Concepção da EEE Vidoca

  • Projeto hidráulico e estrutural da nova concepção da EEE Vidoca, constituído por: EEE Baixo Recalque antecedendo a EEE Vidoca, para redução de profundidade de 8,15 m para 2,20 m; bomba tipo parafuso; número de bombas = 2 + 1 de reserva; vazão = 1.300 l/s.

16. Projeto Executivo da Rede Auxiliar do Coletor Tronco Putim-Águas Claras e Projeto do Emissário Buquira 1

  • Solução alternativa: extensão de 93,74 m e diâmetro de 150 mm em PVC; extensão de 398,42 m e diâmetro de 200 mm em PVC; extensão de 40,81 m e diâmetro de 200 mm em ferro fundido.

17. Adequação e Desenvolvimento dos Projetos Hidráulicos das Estações Elevatórias de Esgotos Olaria e Boa Vista

  • EEE Boa Vista: bomba submersível; número de conjuntos: 1+1 de reserva; vazão = 22,50 l/s; AMT = 15,47; emissário por recalque = 497,14 m e diâmetro de 200 mm em FoFo.
  • EEE Olaria: bomba submersível; número de conjuntos = 1+1 de reserva; vazão = 14,80 l/s; AMT = 15,30; emissário por recalque = 266,99 m e diâmetro de 150 mm em FoFo; emissário por gravidade = 355,37 m e diâmetro de 150 mm em PVC DEFOFO.

18. Projeto Estrutural da Caixa de Recebimento da Linha de Recalque da EEE Vidoca na ETE Lavapés e Revisão do Projeto Estrutural de Travessia sobre o Rio Buquira

  • CT São Geraldo - Travessia sobre Rio Buquira: material = aço carbono; diâmetro do encamizamento = 1.000 mm; vão livre = 28 m; diâmetro do tubo condutor =  300 mm.
  • Emissário Buquira 1 – Travessia sobre Rio Buquira: material = aço carbono; diâmetro = 600 mm; vão livre = 18,30 m.
  • CT Buquira Trecho III – Travessia sobre Rio Buquira: material = aço carbono; diâmetro = 600 mm; vão livre = 21 m.
  • Projeto Estrutural de caixa de transição, com dimensões internas de 2,00 x 5,25 x 2,45m (H).

19. Revisão e Elaboração do Projeto Executivo dos Coletores Tronco Freitas e Olaria

  • CT Freitas: extensão de 268,50 m e diâmetro de 200 mm em PVC; extensão de 19 m e diâmetro de 200 mm em FoFo.
  • CT Olaria: extensão de 107,12 m e diâmetro de 150 mm em PVC; extensão de 433,07 m e diâmetro de 200 mm em PVC; extensão de 42 m e diâmetro de 200 mm em FoFo.
  • 20. Revisão e Desenvolvimento dos Projetos Executivos da EEE Freitas
  • EEE Freitas: bomba: submersível; número de conjuntos = 1+1 de reserva; vazão = 144 m3/h; AMT = 26 m; potência = 25 Hp; grupo gerador = 60 kVA.

21. Concepção do Traçado da Rede Coletora e Interligações Complementares ao Sistema

  • Existente e Detalhamento Executivo e Interligações no Bairro dos Freitas
  • População de projeto (2030) = 3.928 hab; vazão máxima horária = 10,77 l/s; extensão = 4.650 m e diâmetro de 150 mm em PVC; extensão = 132 m e diâmetro de 150 mm em FoFo; ligações = 400 un.

22. Detalhamento Executivo de Redes Coletoras, Coletores Tronco, Conduto Forçado e Linha de Recalque no Bairro dos Freitas

  • Relatórios para Licenciamento Ambiental, compreendendo: Laudo de Cobertura Vegetal e Caracterização de Área de Preservação Permanente – APP do CT dos Freitas, com área de intervenção de 515,8 m2; Relatório Técnico Ambiental – Autorização para Supressão de Vegetação e Intervenção na área da EEE Freitas; Relatório Técnico para Licenciamento para a Cetesb; Relatório Técnico Ambiental para Autorização de Implantação de Empreendimento e Outorga de Direito de Uso dos Recursos Hídricos do Projeto Executivo de Rede Coletora de Esgoto Sanitário; Diagnóstico Arqueológico Não Interventivo do Sistema de Tratamento de Esgotos.
  • Coletor Tronco: extensão de 283,7 m e diâmetro de 150 mm em PVC DEFOFO; extensão de 123,9 m e diâmetro de 200 mm em PVC DEFOFO; extensão de 168 m e diâmetro de 400 mm em MND.
  • Ligação Linha Caixa de Passagem-EEE Freitas: conduto forçado = 83,22 m e diâmetro de 200 mm em PVC DEFOFO; conduto livre = 61,10 m e diâmetro de 250 mm em PVC DEFOFO.

23. Projeto de Interligação da Rede no CT Vidoca, Projeto de Interligação da Rede no CT 2 e Projeto Executivo da Rede Coletora do Costinha

  • Interligação da Rede no CT Vidoca (Amsterdã): extensão de 214,47 m e diâmetro de 150 mm; 5 PVs; 3PIs.
  • Interligação da Rede no CT 2 (Barbacena): extensão = 68,94 m e diâmetro de 200 mm em PVC; 2 PVs; 2PIs.
  • Rede Coletora do Costinha: extensão = 319,70 m e diâmetro de 150 mm em PVC; extensão de 35,54 m e diâmetro de 150 mm em FoFo.


voltar

 
Consulte o Portf�lio

Todos os trabalhos


RSS (Really Simple Syndication)
 

© 2008 - COBRAPE - Companhia Brasileira de Projetos e Empreendimentos | Todos os direitos reservados.
Produzido por - Plátano Comunicação S/C Ltda | Designer GuinaWeb - Ateliê Designer


RSS (Really Simple Syndication)