Página Inicial
   
 
 
Empresa | Áreas | Serviços | Notícias | Portfólio | Clientes | Compliance | Contato
COBRAPE - Companhia Brasileira de Projetos e Empreendimentos
 
Notícias
Companhia de Saneamento do DF constrói usina solar fotovoltaica visando reduzir custo de energia
  
Assessoria de Comunicação
02/05/2018

Layout de instalação das placas na cobertura da sede da Caesb

Instalação das placas

Vista geral das placas instaladas

  • Layout de instalação das placas na cobertura da sede da Caesb
  • Instalação das placas
  • Vista geral das placas instaladas

As despesas com energia elétrica vêm se tornando um dos principais itens de custo em empresas de saneamento. Por isso, a adoção de medidas de eficiência energética é cada vez mais premente para garantir sua sustentabilidade econômica. Uma das alternativas para melhorar o desempenho energético dessas empresas é buscar o aproveitamento dos potenciais de geração em suas próprias instalações, reduzindo a dependência e o custo relativo a fontes externas de energia. As fontes alternativas permitem a geração distribuída, isto é, a produção de energia dentro das unidades consumidoras, com o repasse da energia excedente para a rede de distribuição.

Diante desse cenário, a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal – Caesb projetou e está construindo uma usina solar fotovoltaica (FV), no regime da geração distribuída de energia elétrica (regulado pela Resolução Normativa nº 482 da ANEEL), com capacidade alvo planejada de 700 KWp. A entrada em funcionamento está prevista para julho de 2018.

O empreendimento está inserido no Programa de Saneamento da Companhia, gerenciado pela Cobrape, e conta com recursos oriundos de financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID, da ordem de US$ 1,5 milhão.

Retorno do Investimento

A energia gerada na usina de minigeração fotovoltaica, a ser aproveitada integralmente na sede da Caesb, deve ser capaz de proporcionar uma redução significativa na despesa com energia elétrica, o que pode viabilizar, em um prazo atrativo, o retorno do investimento necessário para sua geração.

A energia produzida será medida por medidor 4 Quadrantes, conforme Resolução Normativa 687/2015. E, para efeitos de faturamento, será deduzida da energia consumida da rede de distribuição, operada pela Companhia Energética de Brasília – CEB Distribuidora, de acordo com as regras de compensação de energia em vigor para o regime da minigeração distribuída.

A usina será instalada nas coberturas dos prédios do Centro de Gestão Águas Emendadas, sede da Companhia, com estruturas de fixação adequadas, que garantam a segurança e operacionalidade.

O Centro de Gestão, por sua horizontalidade, ausência de sombras, com uma vasta área de telhado, oferece condições ótimas para a geração de energia elétrica por meio da instalação de células solares fotovoltaicas.

 
 
RSS (Really Simple Syndication)
 

© 2008 - COBRAPE - Companhia Brasileira de Projetos e Empreendimentos | Todos os direitos reservados.
Produzido por - Plátano Comunicação S/C Ltda | Designer GuinaWeb - Ateliê Designer


RSS (Really Simple Syndication)